Via Jornal do Professor

A Secretaria Estadual de Saúde de Goiás (SES-GO) avalia retomar as aulas presenciais a partir de novembro. A informação foi confirmada pelo titular da pasta, Ismael Alexandrino, conforme reportagens publicadas pelo jornal O Popular e o portal A Redação. A proposta, no entanto, divide opiniões, uma vez que ainda não há vacina específica contra o novo coronavírus (Covid-19).

A ideia, conforme divulgado, é retomar caso os índices estabelecidos pelo Centro de Operações de Emergência (COE), como a ocupação das UTIs abaixo de 75%, estejam em baixa ao longo de quatro semanas. O Fórum Estadual de Educação de Goiás divulgou, antes mesmo do anúncio do secretário de Saúde, manifesto contra o retorno das aulas presenciais. No texto, o órgão reconheceu os esforços de todos os gestores e profissionais, mas argumenta que ainda não existem condições para garantir a segurança da comunidade escolar.

Saiba mais Clicando aqui