Presidente do Sindiposto afirma que aumento dos combustíveis é ruim também para o empresário

  • 08/Jun/2021

Márcio Andrade explica que os donos dos postos precisam desembolsar mais dinheiro para comprar produtos e atender a demanda

Goiânia acordou assustada com o preço do combustível nesta terça-feira (8/6). Com o segundo aumento no mês, alguns postos chegaram a registrar R$7 o litro da gasolina. Mas, diferentemente do que muita gente pensa, os postos de combustíveis não lucram mais 



De acordo com o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Estado de Goiás (Sindiposto), Márcio Andrade, os donos de postos também precisam de mais dinheiro para adquirir os produtos para manter o estoque e conseguir atender a clientela. “Neste momento, nos unimos aos consumidores na ânsia de buscar preços mais acessíveis e mais justos para que possamos sair desse momento de crise e dificuldade que a pandemia tem imposto a cada um de nós, brasileiros”, frisa. 

Márcio explica ainda que a produção do etanol anidro, que compõem 27% dos combustíveis, tem sido afetada pelo período de estiagem, reforçando que as distribuidoras repassam os reajustes quase que diariamente aos postos. 
 Fonte: www.fecomerciogo.org.br

Deixe seu Comentário