Material busca proporcionar conforto às pessoas que precisam tratar inflamações e inchaços dos pés

Via Ascom UFG

“Aumentar o conforto e o bem estar, tanto corporal quanto mental” é o objetivo da palmilha desenvolvida pela estudante de Design de Ambientes da Universidade Federal de Goiás (UFG), Beatriz Maria Parreiras Pereira. A acadêmica foi responsável por elaborar um produto especial, voltado para o tratamento dos pés com a possibilidade de aplicação de medicamentos durante o uso diário da palmilha.

“A palmilha é uma proposta para sapatos, que possui uma formatação tridimensional e anatômica, adequada para atuar no cotidiano. O produto é indicado para pessoas que precisam de um tratamento ou uma aplicação nos pés de alguma substância que possa minimizar a dor e inflamações ou aumentar o desempenho no cotidiano”, explica Beatriz. 

O conceito do produto surgiu durante uma disciplina da faculdade, a partir disso a aluna pesquisou formas e meios de criar um produto de baixo custo que pudesse ser disponibilizado de forma acessível à sociedade. “Nossa expectativa com o produto é que ele possa ajudar o máximo de pessoas possível, de forma que reinsira outras tantas no mercado de trabalho, melhore a qualidade de vida e gere um maior conforto da pessoa em relação ao próprio corpo”, afirma a aluna. 

A palmilha permite a utilização de medicamentos que se desgastam à medida que o pé e a superfície da barra realizam fricção. “A princípio pensamos em fármacos com uma composição sólida, como géis e barras. Os quais são responsáveis por recuperar enfermidades, como pés ressecados, locais desidratados, inchaços e ferimentos que precisam de aplicação constante”, afirma Beatriz.