Goiânia amplia o público de vacinação contra a Covid-19 e atende, nesta quinta-feira (3/6), pessoas com 59 anos, além de trabalhadores dos Ensinos Fundamental e Médio. O atendimento é feito em quatro postos de vacinação através de agendamento pelo aplicativo Prefeitura 24 horas.

A estratégia do feriado inclui ainda pessoas pertencentes aos grupos prioritários já atendidos pelo Plano Municipal de Vacinação. A ampliação dos grupos vem após o recebimento de nova remessa com 35.860 doses, todas destinadas à primeira dose da vacinação.

Nesta etapa, Goiânia passa a destinar 30% das doses aos grupos prioritários e 70% para população em geral. O primeiro grupo compreende trabalhadores da saúde, da Educação que atuam na capital e pessoas com comorbidades. Todos precisam agendar pelo aplicativo Prefeitura 24 horas. 

Assim como os grupos prioritários, pessoas com 59 anos também devem agendar seu atendimento, evitando aglomerações nos postos. “A expectativa é de que tenhamos aproximadamente 16 mil pessoas neste grupo. Porém, o número pode variar, uma vez que parte desta população pode ter sido vacinada nos grupos prioritários”, explica Grécia Pessoni, diretora de vigilância epidemiológica. 

Para esta quinta-feira, foram destinadas três escolas municipais - E.M. Rotary Goiânia Oeste, Coronel José Viana e Bárbara de Sousa Morais - e Área I da PUC, todas para pedestres. As agendas estarão abertas a partir das 17h. A documentação necessária e os endereços podem ser verificados no site da Prefeitura de Goiânia.

Segunda dose em atraso

Grécia Pessoni chama a atenção dos idosos que ainda não tomaram a segunda dose do imunizante. “A estimativa é de que, pelo menos, 4 mil pessoas ainda não retornaram aos postos de vacinação para tomar o reforço da vacina”, explica. Quem, por algum motivo, estiver com a segunda dose em atraso também pode procurar os postos destinados à vacinação desta quinta, sem necessidade de agendamento. 

A diretora de vigilância epidemiológica também alerta que essas pessoas têm até sexta-feira da próxima semana, isto é, até 11/6, para receberem o reforço. “É importante ressaltar que a imunização é eficaz quando o esquema vacinal é completo, ou seja, a pessoa toma a primeira e a segunda dose”, reforça Grécia. Para receber o reforço, é necessário levar documento pessoal com foto, CPF e o comprovante da primeira dose. 

“A vacinação é um benefício para a saúde não só de quem recebe a dose, mas também, a de outras pessoas. Quanto mais pessoas forem vacinadas, menor a propagação do vírus. Por isso, é importante que as pessoas atendam às campanhas, além de seguir com os protocolos de segurança”, pontua Durval Pedroso, secretário municipal de Saúde. 

Luciana Gomides, editoria de Saúde

Em: www.goiania.go.gov.br

Deixe seu Comentário